Goiânia Avança na Inclusão: Projeto de Lei da vereadora Sabrina Garcez promove divulgação da Central de Interpretação de Libras

em

|

views

e

comentários

O Projeto de Lei, que é de autoria da vereadora Sabrina Garcez (Republicanos), visa promover a divulgação da Central de Interpretação de Libras nos estabelecimentos públicos e privados que realizam atendimento ao público

A propositura, aprovada em segunda votação na Câmara Municipal, estabelece que todos os estabelecimentos que atendem o público em Goiânia deverão fixar cartazes em locais visíveis e de fácil acesso, além de distribuir folhetos e cartões informativos com os dados da Central de Interpretação de Libras. A central, que faz parte da estrutura da Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Políticas Afirmativas, oferece intérpretes para mediar a comunicação entre surdos e ouvintes em diversos serviços, incluindo saúde, justiça e documentação civil.

“A inclusão e a acessibilidade são direitos fundamentais. Este projeto visa garantir que a comunidade surda de Goiânia tenha pleno acesso aos serviços oferecidos pela Central de Interpretação de Libras, promovendo a dignidade e a autonomia dessas pessoas”, afirmou a vereadora Sabrina Garcez.

A Central de Interpretação de Libras é um serviço essencial para a comunidade surda, garantindo que essas pessoas possam acessar serviços públicos e privados com a mesma facilidade que qualquer outro cidadão. A divulgação ampla desse serviço é crucial para assegurar que a informação chegue a quem realmente precisa. A iniciativa da vereadora não apenas reforça os direitos das pessoas com deficiência auditiva, mas também cumpre com os mandamentos legais.

Impacto na Comunidade

A implementação desse projeto terá um impacto significativo na vida cotidiana das pessoas surdas em Goiânia. Muitos enfrentam barreiras de comunicação que dificultam o acesso a serviços básicos e essenciais. Com a divulgação adequada da Central de Interpretação de Libras, essas barreiras podem ser reduzidas, facilitando o atendimento e promovendo a inclusão social.

“É uma medida simples, mas de grande impacto, que pode transformar a vida de muitas pessoas surdas, garantindo-lhes maior autonomia e dignidade”, destaca Sabrina. A propositura aprovada em segunda votação aguarda agora a sanção da prefeitura de Goiânia.

Compartilhe
Tags

Mais Lidas

Mutirama amplia horário de funcionamento durante férias escolares

Devido a alta procura no mês de julho, parque está aberto a visitação de quarta-feira a domingo, das 10h às 16h O Mutirama ampliou o...

Aparecida atende mais de 600 crianças na Colônia de Férias 2024

Programação desta e da próxima semana inclui gincanas, brincadeiras, jogos de futebol e piscina para as crianças e adolescentes referenciadas nos CRAS do município A...

Abertas as inscrições para o concurso da Polícia Penal de Goiás

Certame oferece 1,6 mil vagas, com salário inicial de R$ 5,9 mil; seleção exige diploma de nível superior Estão abertas, a partir desta terça-feira (16/7),...

Recentes

Relacionados