Goiânia lidera ranking das melhores capitais para se viver

em

|

views

e

comentários

Levantamento analisa dez indicadores oficiais dos 5.570 municípios brasileiros. Capital goiana se destaca em educação, planejamento e infraestrutura urbana

Goiânia lidera o ranking das melhores capitais para se viver, de acordo com levantamento baseado em dez indicadores oficiais realizado pelo jornal Gazeta do Povo. A capital obteve nota 6,85, com destaque para a Educação, com a segunda maior avaliação do país, o planejamento e a infraestrutura urbana.

“É mais um título que nos orgulha muito. Temos trabalhado para garantir qualidade de vida para a população, que é o objetivo maior de qualquer administração. Gerar oportunidades, assegurar educação de primeira, preparar o caminho para o futuro da nossa capital”, afirmou o prefeito Rogério.

O levantamento analisou dez indicadores oficiais para chegar ao resultado: educação; taxa de homicídios; saúde; economia; infraestrutura; expectativa de vida; mortes no trânsito; suicídios; cultura; e famílias em situação de rua. Os cinco primeiros itens contam com peso 1,5, enquanto os cinco últimos possuem peso 1.

Segundo o levantamento, Goiânia se destacou pela Educação, com a segunda maior nota do país. O ordenamento urbanístico, com as zonas centrais planejadas, e a infraestrutura urbana. Embora não esteja entre os critérios por falta de dados sobre todas as cidades do país, as áreas verdes de Goiânia foram elogiadas pela publicação. Goiânia possui 63 parques e é considerada a capital mais verde da América do Sul, do Brasil e a segunda do mundo, conforme o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

A segunda colocação no ranking ficou com São Paulo e a terceira, com Curitiba. Foram analisados os 5.570 municípios brasileiros, que obtiveram uma nota média de 5,66 pontos. Dentre as 100 primeiras cidades no ranking geral, 33 são de São Paulo, 29 de Minas Gerais, 16 do Rio Grande do Sul, nove de Santa Catarina, seis do Paraná, três de Goiás, duas do Rio de Janeiro, uma do Mato Grosso do Sul e uma de Pernambuco. No índice geral, a capital goiana ficou na 377ª colocação.

Economia
Nesta semana, a Escola Nacional de Administração Pública (Enap) considerou Goiânia o melhor ambiente regulatório para quem busca investir no Brasil, segundo ranking do Índice de Cidades Empreendedoras 2023. A capital saltou da 19° colocação, em 2022, para a liderança neste ano com modernização da legislação, dos protocolos e investimentos em tecnologia.

Os pesquisadores analisaram três pontos principais no levantamento: tempo em que os processos levam para tramitar, a tributação e a complexidade burocrática de cada município. Foram avaliados os 101 municípios mais populosos do Brasil, organizados de acordo com as melhores condições para empreender. Goiânia obteve 8.506 pontos, e ficou com a primeira colocação, seguida de Joinville (SC), 8.423; Rio de Janeiro (RJ), 8.297; Florianópolis (SC), 7.858, e Aparecida de Goiânia, 7.630.

Compartilhe
Tags

Mais Lidas

Mutirama amplia horário de funcionamento durante férias escolares

Devido a alta procura no mês de julho, parque está aberto a visitação de quarta-feira a domingo, das 10h às 16h O Mutirama ampliou o...

Aparecida atende mais de 600 crianças na Colônia de Férias 2024

Programação desta e da próxima semana inclui gincanas, brincadeiras, jogos de futebol e piscina para as crianças e adolescentes referenciadas nos CRAS do município A...

Abertas as inscrições para o concurso da Polícia Penal de Goiás

Certame oferece 1,6 mil vagas, com salário inicial de R$ 5,9 mil; seleção exige diploma de nível superior Estão abertas, a partir desta terça-feira (16/7),...

Recentes

Relacionados