O esculacho humano nos grupos de WhatsApp

em

|

views

e

comentários

Os grupos de WhatsApp com militantes e apoiadores da direita estão em atividade acelerada. Impressiona como uma causa dentro da causa cause tão profunda movimentação. Uma palavra melhor: cause tão profunda excitação.

Nada de novo nesse front. Acompanho quantos posso e nunca me acostumo com o frisson – outra palavra boa nessas horas. A criatividade é algo fora da caixinha. As surpresas se sucedem. Não me canso de ver para crer. Delírio puro.

O ministro Alexandre de Moraes, do STF, está apanhando horrores. Os memes, as montagens – tudo a mesma coisa, ou tem diferença -, as histórias que surgem, os fatos mirabolantes que saem da cabeça dos criadores de mentiras para o cérebro dos agarradores dessas mentiras explícitas é fenomenal. E triste.

Incrível que o baixo nível aviltante, os ataques baixos e a evidente canalhice das desinformações resultem em frequentes exaltações de júbilo e comemoração entre os participantes. Como há muitos em silêncio, como eu, teimo em acreditar que os que compactuam é mínimo, e que a iniquidade não predomina.

Revoltante ver como personagens da política são retratados como animais repulsivos, como suas imagens humanas são desrespeitadas em deboches e desenhos histéricos que descem fácil ao fundo dos infernos para sapatear sobre o inimigo, o adversário, o antagonista de suas ideias e concepções.

Quem já viveu muito certamente não estranha a degradação do outro por aquele que se julga superior moral. São incrivelmente milhares, milhões, os que não deixam de jogar a primeira pedra, para não perderem a oportunidade de se mostrar o próprio Jesus das escrituras.

São o Jesus que lhes convém. São os abençoados que não se contêm diante do pecado alheio como se fosse este um presente divino para alimentar a sua própria santidade – ou bispalidade, se preferirem. São Jesus acima de todos e de tudo o mais que julgam indigno e errado e condenado sem a menor cerimônia.

Cada Jesus protege a honradez da família e dos bons costumes com as vísceras que possui. Cada hipócrita da desídia divina que enviam ao cadafalso, uma oração elevam como salvação da Terra e dos céus, ainda que o amém seja o assassinato de reputações e o afogamento das próprias almas no fogo dos espíritos que não se enxergam e nunca, jamais, nem mesmo se perdoam, por não se reconhecerem devedores.

Cada Jesus crucifica o seu próximo. Mas sem drama. Não digo que não admiro a torpeza e a imaginação juntas. Tem uma certa beleza estética o morto-vivo virtuoso. Deve ter. Procuro o defunto inspirado no que espelham… o centro do universo paralelo… ser iluminado pela brincadeira com que tratam a auto-vilania como princípio heroico. Busco o ponto onde veem bondade na maldade que fazem sorrindo. Felizes da vida. Até babam.

Vassil Oliveira
Jornalista. Escritor. Consultor político e de comunicação. Foi diretor de Redação na Tribuna do Planalto, editor de política em O Popular, apresentador e comentarista na Rádio Sagres 730 e presidente da agência Brasil Central (ABC), do governo de Goiás. Comandou a Comunicação Pública de Goiânia (GO) e de Campo Grande (MS).
Compartilhe
Tags

Mais Lidas

Prefeito Vilmar reúne pré-candidatos de 15 partidos aliados à Câmara nesta terça, 28

O prefeito de Aparecida, Vilmar Mariano (UB), reúne nesta terça-feira, 28, a partir das 18 horas, na Atlanta Music Hall, pré-candidatos e candidatas à...

Deputada Delegada Adriana Accorsi destina R$ 5 milhões 480 mil para Aparecida de Goiânia

A deputada federal delegada Adriana Accorsi destinou R$ 5 milhões 480 mil para a Prefeitura de Aparecida de Goiânia. Os recursos foram entregues nesta...

Estudantes de Goiás vão à final de concurso internacional de programação, no Cazaquistão

Equipe formada por alunos da UFG recebeu apoio financeiro do Governo de Goiás, por meio da Fapeg Estudantes do Instituto de Informática da Universidade Federal...

Recentes

Relacionados