Saúde de Aparecida realiza visitas domiciliares para vacinar crianças contra poliomielite e sarampo

em

|

views

e

comentários

Ação ocorre em todo o país com o objetivo de monitorar as estratégias de vacinação e garantir a proteção de crianças menores de 5 anos ainda não vacinadas

Seguindo as diretrizes do Ministério da Saúde, a Secretaria Municipal de Saúde de Aparecida de Goiânia (SMS) realizará o Monitoramento das Estratégias de Vacinação (MEV) contra a Poliomielite e o Sarampo. Com isso, a partir de amanhã, 09 de julho, até o dia 26 deste mês, equipes de saúde visitarão casas da cidade para avaliar o cartão de vacina de crianças de 6 meses a menores de 5 anos e realizar a atualização de todas as vacinas necessárias, em especial contra as duas doenças citadas.

O monitoramento está ocorrendo em todo o Brasil, com o principal objetivo de resgatar a vacinação de crianças não imunizadas e manter a eliminação e controle da poliomielite e do sarampo no país. Há 8 anos, o Ministério da Saúde promoveu uma força-tarefa parecida com essa, que foi chamada de Monitoramento Rápido de Cobertura Vacinal.

O secretário de Saúde, Alessandro Magalhães, destaca a importância da participação da população: “Precisamos que todas as famílias recebam nossas equipes e permitam a verificação do cartão de vacina das crianças. Essa ação é crucial para mantermos as coberturas vacinais em níveis seguros e protegermos o futuro das próximas gerações.”

A superintendente de Vigilância em Saúde, Vânia Camargo, reforça o compromisso da SMS: “Estamos seguindo todas as recomendações da Organização Mundial da Saúde (OMS) e das Comissões Globais e Regionais para erradicar a poliomielite e eliminar o sarampo. É um esforço conjunto que envolve toda a comunidade.”

Renata Cordeiro, coordenadora de Imunização de Aparecida, explica a metodologia do MEV: “Vamos mapear áreas com baixa cobertura vacinal e atuar diretamente nesses locais para aumentar a imunização. A visita casa a casa é essencial para identificar crianças que ainda não foram vacinadas e garantir que todas recebam as doses necessárias.”

O MEV faz parte dos compromissos assumidos pelo Brasil para a erradicação da poliomielite e a eliminação do sarampo, seguindo as orientações da OMS. Essa metodologia permite avaliar o progresso das atividades realizadas e identificar locais com fragilidade de cobertura, garantindo a vacinação de crianças menores de 5 anos ainda não vacinadas.

Compartilhe
Tags

Mais Lidas

Mutirama amplia horário de funcionamento durante férias escolares

Devido a alta procura no mês de julho, parque está aberto a visitação de quarta-feira a domingo, das 10h às 16h O Mutirama ampliou o...

Aparecida atende mais de 600 crianças na Colônia de Férias 2024

Programação desta e da próxima semana inclui gincanas, brincadeiras, jogos de futebol e piscina para as crianças e adolescentes referenciadas nos CRAS do município A...

Abertas as inscrições para o concurso da Polícia Penal de Goiás

Certame oferece 1,6 mil vagas, com salário inicial de R$ 5,9 mil; seleção exige diploma de nível superior Estão abertas, a partir desta terça-feira (16/7),...

Recentes

Relacionados