Segunda-feira com a energia (sei) da Equatorial

em

|

views

e

comentários

Segunda-feira eu funciono igual a Equatorial: com apagões constantes. Eu sei, eu sei, você também. Certeza que é problema na minha infraestrutura, postes velhos, linhas cruzadas, centros de distribuição de energia sucateados. Falta de investimento na manutenção e expansão da rede. Ao contrário da Equatorial, cujo problema é outro, humano, de humanidade sem goianidade. Não estamos preparados para o período chuvoso. Como assim, alienígenas? Faça consumo consciente. Como assim, o problema é da população? Vai melhorar. Como assim, vai, vai?

Não é preguiça. Segunda carrega o dia todo a semana inteira nas costas. Deve ser por isso que pesa tanto. Na terça é que lembramos: pra quê levar todos os livros na mochila, digo, todos os dias pendurados? Basta um. Um de cada vez. Mas estamos falando de segunda, não há razão que dê jeito. O sentido é outro, tem a subjetividade do significado que não está no dicionário e que cada um explica segundo suas palavras e sentimento. Quem nunca disse, numa quinta, por exemplo, hoje tô com cara de segunda-feira? Então.

Para quem, no final de semana, teve que lidar com apagões de energia, este dia amanhece mais emburrado. Vontade de ir na Equatorial e descer a mutamba, desligar a luz na sede e falar: aqui só liga quando todo mundo tiver energia. Nada de tratamento privilegiado. Saudade daquelas broncas do governador nos tempos da Enel, que agora está dando trabalho e grita lá em São Paulo. Lá a coisa também tá feia: choveu, cachorro mijou no poste, apaga a luz. Aqui estamos de olho e a bronca é geral. O povo olha, escuta e xinga.

Mas vejamos coisas boas que as coisas boas aparecem, ensina Fred, meu coach preferido. Fecha os olhos. Olha a paisagem, olha este sol quente derretendo a moleira, repara nas nuvens, sente o ar sossegado deste dia, pensa como somos privilegiados, sem guerra, com fartura. Primeiro: fecha os olhos e olha? Segunda-feira. Nem os coaches dão jeito. Minha meditação se restringe a imaginar a terça – e desejar. Sei que no outro dia tudo será diferente. Tô acostumado. Já vivi segundas demais nessa vida.

Aos que gostam de segundas-feiras, nada tenho a dizer. Gente esquisita, que nem deve saber que a Equatorial existe, porque produz a própria energia. Deixo pra lá e me concentro no meu drama em particular. Falar nisso, comecei a ver um dorama em que uma mulher literalmente assume o cansaço mental e a estupenda alegria de não fazer nada. Olha que maravilha. No dorama não têm segundas-feiras. Será que é porque nesse caso elas não existem? se for isso, já sei: quero morar nesse dorama. Amanhã vou atrás disso. Hoje, não. Hoje é segunda-feira e ninguém merece.

* Texto publicado pelo Diário de Goiás

Vassil Oliveira
Jornalista. Escritor. Consultor político e de comunicação. Foi diretor de Redação na Tribuna do Planalto, editor de política em O Popular, apresentador e comentarista na Rádio Sagres 730 e presidente da agência Brasil Central (ABC), do governo de Goiás. Comandou a Comunicação Pública de Goiânia (GO) e de Campo Grande (MS).
Compartilhe
Tags
spot_img

Mais Lidas

O velório do Bonifácio

Pois é, o Bonifácio morreu. A mídia regional anunciava o fato incansavelmente. Merecido, pois se tratava de pessoa de bem e inspiradora do respeito de todos. Eu também fui ao velório, por que não? Não por curiosidade, isso não. O Bonifácio não me era uma pessoa tão íntima, mas mesmo assim eu gostava dele. Conhecia muitos dos seus feitos em benefício do semelhante. De fato, ele gostava de ajudar os outros. Isso fazia dele uma pessoa bastante popular. Todos o conheciam ali na redondeza.

Mutirão de Aparecida no Santa Luzia inicia atendimentos diretos nesta sexta, 24

Moradores poderão usufruir de mais de 100 tipos de serviços, incluindo segunda via de certidão de nascimento, casamento e óbito, que são novidade nesta...

Governo de Goiás: veja o que abre e fecha no feriado da padroeira de Goiânia

As repartições públicas estaduais na capital fecham nesta sexta-feira e reabrem na segunda-feira. Atividades essenciais, como saúde e segurança pública, funcionam normalmente Na sexta-feira (24/05),...
spot_img

Recentes

Relacionados