Questão de desordem pública para Bruno Peixoto, Rogério Cruz e demais pré-candidatos a prefeito de Goiânia

em

|

views

e

comentários

Morador de Goiânia que sou, de longas eras, idas e vindas, me sinto na obrigação de apresentar desde já a minha primeira demanda para os Planos de Governo dos candidatos a prefeito na Capital. Está longe de ser a mais importante. É um esquenta.

Cito porque temos dois pré-candidatos que já podem dar solução imediata ao que vejo como um problema crônico se formando na cara dura das autoridades. A demanda:

* arrumar o caos do estacionamento ali na nova sede da Assembleia Legislativa de Goiás (Alego). O trem lá tá, além de bagunça, depõe contra a lei e a ordem.

Em frente a nossa Casa de Leis, temos o que penso ser um flagrante descumprimento da própria. Do outro lado da calçada, está funcionando um estacionamento pago que, pela lógica geográfica, fica em cima do que deveria ser uma calçada.

Pergunto ao presidente da Alego, deputado Bruno Peixoto: a Assembleia autorizou? Está legal aquilo ali? Faço as mesmas perguntas ao prefeito Rogério, caso a responsabilidade seja apenas da prefeitura.

Se for uma questão de desordem que afeta Alego e prefeitura, então a dúvida vale para os dois. Acrescento: se está legal, podemos ver a autorização formal para o funcionamento daquele estacionamento? Se não está, por que nada se faz?

Bruno Peixoto sonha ser prefeito, e Rogério já é. Resolver problemas que interferem na qualidade de vida dos cidadãos é o mínimo o que podem fazer porque é o mínimo do mínimo que se espera de um gestor moderno e eficiente. O básico do básico do básico.

Tem mais. Além daquele estranho estacionamento, as avenidas próximas ficam lotadas de carros estacionados. Como sustentar o discurso de defesa do servidor de ele não é nem considerado na hora de ir trabalhar e ter seu veículo protegido ou uma alternativa real para chegar até lá? Ônibus?

Como convencer o cidadão de que a Casa de Leis é sua casa se ele, ao chegar, não sente que é bem recebido? Os deputados e a boa quantidade de diretores tem o privilégio de estacionamento garantido e grátis. E o cidadão? Vai de ônibus?

Sobre os ônibus de Goiânia dá outra coluna e outra pauta para os pré-candidatos. Ainda falaremos disso.

Neste momento, a questão de desordem – insisto – é o desconforto que a Assembleia se tornou para a cidade. Creio que está aí uma oportunidade para Bruno Peixoto e Rogério Cruz mostrarem que já estão focados nas soluções para a cidade. Como diz um amigo, mostrar que são solucionáticos, e não problemáticos.

Goiânia precisa de gestores que resolvam. Que saiam do discurso populista e mostrem serviço de forma realista e prática. Fica aqui também o sincero pedido aos demais pré-candidatos: apresentem suas soluções quando apontarem defeitos no trabalho dos outros.

Digam aí: o que fariam para resolver esse problema do estacionamento se estivessem no lugar de Bruno Peixoto e, principalmente, de Rogério Cruz? O povo, que não é bobo, quer saber.

* Texto Publicado pelo Diário de Goiás

Vassil Oliveira
Jornalista. Escritor. Consultor político e de comunicação. Foi diretor de Redação na Tribuna do Planalto, editor de política em O Popular, apresentador e comentarista na Rádio Sagres 730 e presidente da agência Brasil Central (ABC), do governo de Goiás. Comandou a Comunicação Pública de Goiânia (GO) e de Campo Grande (MS).
Compartilhe
Tags
spot_img

Mais Lidas

O velório do Bonifácio

Pois é, o Bonifácio morreu. A mídia regional anunciava o fato incansavelmente. Merecido, pois se tratava de pessoa de bem e inspiradora do respeito de todos. Eu também fui ao velório, por que não? Não por curiosidade, isso não. O Bonifácio não me era uma pessoa tão íntima, mas mesmo assim eu gostava dele. Conhecia muitos dos seus feitos em benefício do semelhante. De fato, ele gostava de ajudar os outros. Isso fazia dele uma pessoa bastante popular. Todos o conheciam ali na redondeza.

Mutirão de Aparecida no Santa Luzia inicia atendimentos diretos nesta sexta, 24

Moradores poderão usufruir de mais de 100 tipos de serviços, incluindo segunda via de certidão de nascimento, casamento e óbito, que são novidade nesta...

Governo de Goiás: veja o que abre e fecha no feriado da padroeira de Goiânia

As repartições públicas estaduais na capital fecham nesta sexta-feira e reabrem na segunda-feira. Atividades essenciais, como saúde e segurança pública, funcionam normalmente Na sexta-feira (24/05),...
spot_img

Recentes

Relacionados